segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Dia de folga




O sábado (11) foi livre e todos aproveitaram para conhecer todas as atrações que a cidade oferece. Uma opção é passear de barco, pois Amsterdã é cortada por seis canais e um rio, o Amstel, o que propicia belos passeios de barcos e uma visão interessante do local e de sua gente. O passeio dura uma média de uma hora e passa por alguns dos principais canais da cidade como o dos imperadores, dos principes e o dos senhores. Outro ponto interessante são os museus como o Van Gogh e a casa de Anne Frank.
Também vale a pena andar a pé pelo centro para conhecer a diversidade de pessoas e estilos que fazem a efervescência da cidade. Só é preciso tomar cuidado com o trem e com as bicicletas. Os trens passam a todo o momento na rua em que os pedestres transitam – ou não podem transitar. As bicicletas fazem parte da paisagem urbana e são um verdadeira instituição na cidade que com 741 mil habitantes tem 1 milhão de bicicletas transitando nas ruas.

2 comentários:

Anônimo disse...

Foi por isso que o Maurício de Nassau gostou tanto de Recife, por causa dos canais. Aí ele mandou construir as pontes para que ficasse bem parecida com a sua Amsterdan... Mas, num belo dia, conta a lenda, ele saiu na varanda da sua casa (ele morou lá?) e disse: "Ó linda!" (não é estranho ele dizer isso em português?) Rsrsrs

Karol disse...

Realmente é uma bela cidade, cultura e lazer ao mesmo tempo. Parabéns à organização, e voltem logo, já estou com saudades do meu namorado!